Agenda 2019, certificação em data center, Energia no data center, Fundamentos de Data Center, missão crítica, Operacões em data center, Projeto de Data Center

Formações em Data Center no segundo semestre de 2019

dc pro data center training

O calendário de cursos da DCPRO está cheio de oportunidades para você investir na sua formação profissional e participar de cursos de alto nível, com conteúdo moderno, atualizado e presença de instrutores especialistas.

Escolha o seu curso e garanta a sua vaga!
A ORÁCULO é uma revenda autorizada DCPRO no Brasil.

Data Center Design Awareness28 de outubro
3 dias
Business Continuity Management14 de novembro
2 dias
Operations PRO18 de novembro
3 dias
Data Center Technician Fundamentals
EAD
2 de dezembro
2 dias

Nossos contatos:

contato@oraculoead.com.br
Whatsapp: 11992852043
Entre para nosso grupo no Whats neste link.


Continue lendo “Formações em Data Center no segundo semestre de 2019”
certificação em data center, Cooling, Eficiência energética, Energia no data center, missão crítica, Operacões em data center, Projeto de Data Center, resfriamento

Webinar DCPRO: saiba como impulsionar sua carreira em Data Centers.

titulo

No próximo dia 25 de Julho de 2019, às 9h, a DCProfessional Development, maior especialista global em cursos de formação para atuação em data centers, promoverá webinar a respeito de carreiras neste setor.

Este webinar pretende:

  • Proporcionar à comunidade brasileira de data centers, informação sobre nossos serviços de treinamento, grades, certificações, quem é indicado.
  • Ajudar, tanto aos profissionais quanto as empresas, a reduzir o tempo de inatividade do sistema, aumentar a produtividade e a contemplar a eficiência energética.
  • Criar um ambiente para os profissionais de data centers onde eles podem intercambiar informação e ideias, e estimular a criação de melhores práticas para todo o mundo.

Venha fazer parte da história! Inscreva-se gratuitamente agora mesmo!

Continue lendo “Webinar DCPRO: saiba como impulsionar sua carreira em Data Centers.”
certificação em data center, missão crítica

Certificação Data Center Technician – DCT.

Os alunos devem completar os cursos presenciais básicos para obter a credencial DCT Nivel 1. Posteriormente, completar dois cursos presenciais e mais e quatro cursos online para completar a credencial.

Esta certificação foi lançada para ajudar profissionais técnicos envolvidos nas atividades operativas e cotidianas de data center, a compreender os principais requisitos para a excelência operativa.

Credencial (35-63 HDPs presenciais) .

O erro humano ainda é o fator mais comum no downtime não planejado, de modo que o pessoal que entra em contato com a instalação do data center, deve ter um conhecimento mínimo da criticidade do meio ambiente em que eles estão funcionando e da interoperabilidade entre os subsistemas.

Continue lendo “Certificação Data Center Technician – DCT.”
certificação em data center, Curso livre EAD, Eficiência energética, missão crítica

Certificação online DCPRO: Fundamentos de Missão Crítica na Infraestrutura

Hospedado no Sistema de Gerenciamento de Aprendizagem DCPRO, a carreira Fundamentos de Missão Crítica na Infraestrutura é uma das nossas soluções de treinamento mais flexíveis. Com base no livro de alto prestígio Maintaining Mission Critical Systems in a 24/7 Environment  (Manutenção de sistemas de missão crítica em um ambiente 24/7), esta certificação online de 16 módulos foi desenvolvida para treinar profissionais a partir dos conceitos básicos que respaldam a prática de infraestruturas críticas em áreas mais específicas que completam a disciplina.
Cada curso online pode ser completado em 4 horas.

Complete os 16 cursos no programa de estudo de Maintaining Mission Critical Systems in a 24/7 Environment e você receberá 64HDPs (Horas de Desenvolvimento Profissional).

Os módulos podem ser contratados individualmente ou em pacotes (ver tabela abaixo).

Os módulos 1 a 4 foram traduzidos para Português por Anderson Carvalho da ORÁCULO EAD e Marcelo Barbosa, instrutor oficial da DCPRO.

Módulo de progressão FMCI – Fundamentos de Missão Crítica na Infraestrutura

Complete os 16 cursos no programa de estudo de Maintaining Mission Critical Systems in a 24/7 Environment e você receberá 64HDPs (Horas de Desenvolvimento Profissional).
Módulos 1 a 4 traduzidos para português.
Siga o blog e seja informado assim que demais módulos estiverem traduzidos.

Nossos contatos

contato@oraculoead.com.br
Whatsapp: 11992852043
Entre para nosso grupo no Whats neste link.

Tenho dúvidas. Quero falar com alguém da ORÁCULO MARKETING E TREINAMENTOS.

certificação em data center, missão crítica, Sem categoria

Curso DCPRO Energy Pro

Conheça os pontos-chave para medir os objetivos de curto e longo prazo necessários para a habilitação da eficiência energética em data centers, junto com estratégias de operação e design que ajudam a maximizar os impactos do programa e aumentar a rentabilidade, assegurando que os investimentos de capital gerem resultados. 

Este curso aborda os sistemas de tecnologia da informação e suas condições ambientais, gestão do ar, sistemas mecânicos e elétricos, métricas e regulamentações que afetam a eficiência energética. 

Oferece estratégias que resultam em benefícios de eficiência para uma ampla variedade de cenários de data centers.

Reconhecido por:

Solicitar cotação e informações sobre o parcelamento em 10x.

Reconhecido por

reconhecido por horizontal dcpro
Continue lendo “Curso DCPRO Energy Pro”
certificação em data center, missão crítica

Certificação Data Center Practitioner DCP

A carreira DCP – Data Center Practitioner é uma certificação provida pela DCProfessional Development, empresa global especializada em treinamentos de missão crítica para a indústria de data centers.

Para obter esta certificação, o aluno devem completar 35 horas de estudos por meio de dois cursos presenciais e quatro cursos on-line.

O material do curso abrange todos os aspectos fundamentais de como, por que e onde os data centers estão sendo construídos. Os alunos contam com instrutores especializados, além de colaborar com outros colegas da indústria trocando conhecimentos no curso.

Os alunos necessitará  completar 16 horas de aprendizado online para obter o Certificado Mission Critical Awareness.

Após a conclusão bem sucedida do curso, os alunos receberão seu certificado DCP® e terão o direito de usar o logotipo oficial, bem como usar o ‘DCP’ em sua assinatura.

Estes são os cursos que compõem a carreira DCP:

DCDA: Data Center Design Awareness
22 a 24 de Julho de 2019 em São Paulo, SP
Este curso abrange os princípios básicos de design no data center, passando por sua história desde os primeiros dias do mainframe até o data center moderno em suas diversas formas atuais futuras. Possui módulos em todos os principais subsistemas de uma instalação de missão crítica e suas interdependências, incluindo energia, refrigeração, cálculo e rede.

Saiba mais.

EPRO: Energy PRO

O gerenciamento dos requisitos de energia dos data centers de alta disponibilidade de hoje é uma tarefa extremamente complexa que muitas vezes é subestimada, especialmente porque muitos DCs operam nos limites do projeto ou perto deles. Mas o tempo de inatividade não é uma opção.

Uma compreensão abrangente de como os requisitos de energia afetam o projeto e o funcionamento do data center é fundamental. Desde a distribuição de energia até os componentes críticos da eficiência energética, este curso fornece uma compreensão detalhada dos principais desafios relacionados ao power dentro da infra-estrutura. .

Saiba mais.

Módulo 1
Engenharia de Missão Crítica
online


Este é um curso de conhecimentos essenciais e recomendamos que você complete este módulo antes dos cursos de Desenvolvimento Profissional. Este módulo irá ajudá-lo a entender todos os aspectos do projeto e a operação de uma instalação de missão crítica para abordar questões como tolerância ao risco, confiabilidade, tempo de manutenção exigido e manutenção preventiva.

Módulo 2
Confiabilidade e Resiliência
online


Este curso é de conhecimento essencial e recomendamos que você complete este módulo antes dos cursos de Desenvolvimento Profissional. Confiabilidade e Resiliência  são essenciais para uma conscientização sobre as ações nas infraestruturas de missão crítica. É crucial entender a influência dessas idéias, e como elas se relacionam com o tempo de inatividade

Módulo 3
Manutenção e Segurança nos Sistemas Elétricos
online


Neste módulo, os alunos descobrirão a importância dos padrões e regulamentos, e como eles afetam a segurança na manutenção elétrica. A manutenção de sistemas elétricos é essencial para garantir o fornecimento contínuo de energia à infraestrutura  crítica. É necessário ter um conhecimento sólido da infra-estrutura elétrica da instalação, das deficiências internas e dos relatórios de teste, a fim de implementar um programa de manutenção adequado.

Módulo 4
Aspectos Fundamentais da Qualidade de Energia
online


Este módulo oferece aos alunos uma visão aprofundada da qualidade da energia e seus efeitos na gestão das instalações. Nem toda a energia é a mesma. A energia de baixa qualidade pode significar um desgaste desnecessário em computadores, dados e infra-estruturas de missão crítica. Neste curso, os alunos aprenderão o modo de como monitor, e  resolver possíveis problemas de energia e tolerâncias de equipamentos informáticos.

Nossos contatos

contato@oraculoead.com.br
Whatsapp: 11992852043
Entre para nosso grupo no Whats neste link.

Tenho dúvidas. Quero falar com alguém da ORÁCULO MARKETING E TREINAMENTOS.

certificação em data center, Cooling, Cursos incompany, missão crítica, Projeto de Data Center, resfriamento

Agenda 2019 os cursos DCProfessional Development – DCPRO

A DCProfessional Development (DCPRO), líder independente e comercialmente neutro no mercado em soluções de treinamento para o setor de data center, definiu sua agenda de cursos presenciais em 2019.

DCDA: Data Center Design Awareness
22 a 24 de Julho de 2019 em São Paulo, SP
Este curso abrange os princípios básicos de design no data center, passando por sua história desde os primeiros dias do mainframe até o data center moderno em suas diversas formas atuais futuras. Possui módulos em todos os principais subsistemas de uma instalação de missão crítica e suas interdependências, incluindo energia, refrigeração, cálculo e rede.

Saiba mais.

EPRO: Energy PRO

O gerenciamento dos requisitos de energia dos data centers de alta disponibilidade de hoje é uma tarefa extremamente complexa que muitas vezes é subestimada, especialmente porque muitos DCs operam nos limites do projeto ou perto deles. Mas o tempo de inatividade não é uma opção.

Uma compreensão abrangente de como os requisitos de energia afetam o projeto e o funcionamento do data center é fundamental. Desde a distribuição de energia até os componentes críticos da eficiência energética, este curso fornece uma compreensão detalhada dos principais desafios relacionados ao power dentro da infra-estrutura. .

Continue lendo “Agenda 2019 os cursos DCProfessional Development – DCPRO”
certificação em data center, missão crítica

Desafio “Infraestrutura de Data Centers”

Você saberia dizer a melhor definição de “data center” segundo a norma TIA-942? E sobre um data center com disponibilidade de 99,99%, ele ficará indisponível quanto tempo por ano, em média?

Teste seus conhecimentos sobre infraestrutura de data centers em mais um DESAFIO exclusivo na ORÁCULO EAD e Clarity Treinamentos.

São dez perguntas preparadas pelo professor Marcelo Barboza. Ao completar o teste, receba cupons desconto de 20% válido para todos os cursos EAD da ORÁCULO e 5% válido para o curso presencial DC100 – Fundamentos em Infraestrutura de Data Centers.

Topa este desafio? Então acesse este link e boa sorte.

 

Para mais informações, entre em contato:

contato@oraculoead.com.br
Whatsapp: 11992852043
Entre para nosso grupo no Whats neste link.

Cooling, missão crítica, resfriamento

PUE: uma métrica de eficiência do data center.

Por Marcelo Barbosa da Clarity Treinamentos

pue

Como já vimos em outros artigos, disponibilidade é algo primordial para os data centers atuais, tendo sido criadas até classificações, conhecidas como tiers.

Mas hoje em dia há outra característica a ser valorizada, que é a eficiência energética do data center, que é a sua capacidade de operar com menor consumo de energia. Energia elétrica é um recurso caro, portanto desperdiçá-lo não é uma boa ideia. E para podermos reduzir seu consumo precisamos, antes de mais nada, saber medi-lo e, em seguida, utilizar métricas que possam nos informar com que grau de sucesso estamos atingindo nossos objetivos de melhoria da eficiência.

O assunto eficiência energética em data centers começou a preocupar em 2008, a partir de um relatório ao Congresso dos EUA, quando verificaram que os data centers norte-americanos seriam responsáveis pelo consumo de aproximadamente 1,5% de toda a energia elétrica produzida no país! A última estatística, de 2014, aponta para um aumento para 2%.

Mas, antes de falarmos sobre alguma métrica de eficiência, vamos analisar quais os principais sistemas consumidores de energia elétrica de um data center. Obviamente, o principal tipo de equipamento existente em um data center, e que precisa ser energizado, é o equipamento de TI, motivo último da existência do data center. Nessa categoria estão os servidores, os dispositivos de armazenamento (storage) e os equipamentos de comunicação (como switches e routers). Todos os demais equipamentos e dispositivos que consomem energia em um data center são auxiliares ao funcionamento dos sistemas de TI. Dentre os principais sistemas auxiliares, podemos citar os seguintes: geração alternativa de energia (geradores), energia ininterrupta (UPS ou no-breaks), climatização, segurança patrimonial e incêndio, iluminação, monitoramento e automação. Vamos denominá-los conjuntamente de “sistemas de infraestrutura”.

Resumindo, temos dois grandes sistemas consumidores de energia elétrica no data center: os sistema de TI e os sistemas de infraestrutura. Ambos somados correspondem ao consumo do data center como um todo. A proporção entre ambos e entre os diferentes sistemas componentes pode variar bastante a cada data center.

Neste artigo vamos abordar apenas a métrica que mede a proporção de consumo elétrico entre os sistemas de infraestrutura e o de TI, chamada de PUE – Power Utilization Effectiveness, ou efetividade da utilização da energia, criada pelo The Green Grid. Ela indica o quanto de tudo o que consumimos no data center é relativo aos sistemas de infraestrutura. E por quê isso é importante? Se pensarmos bem, os únicos sistemas que deveriam necessariamente consumir algo são os de TI. São eles que importam. Qualquer gasto com sistemas de infraestrutura deveria ser visto como um overhead, um gasto extra, embora inevitável. Se queremos um ambiente estável, controlado e seguro para os sistemas de TI, é natural que gastemos alguma energia extra com isso. A questão é: quanto de energia estou gastando para manter esse ambiente, para além daquilo que é estritamente consumido pelos equipamentos de computação, armazenamento e comunicação?

Assine o blog

Se analisarmos uma certa quantidade de data centers, veremos que é comum que metade de todo o consumo elétrico seja devido aos sistemas de infraestrutura, ou seja, PUE de 2.0, pois o cálculo do PUE é simplesmente a divisão do consumo energético total do data center pelo consumo dos sistemas de TI, para um determinado período. Exemplo: o data center todo consome 4 GWh em um ano, sendo 2 GWh em TI e 2 GWh em sistemas de infraestrutura, portanto PUE = 4 / 2 = 2.0. Embora um PUE de 2.0 seja relativamente comum, esse valor é alto. Veja a interpretação de valores de PUE:

  • PUE 3.0: muito ineficiente
  • PUE 2.5: ineficiente
  • PUE 2.0: médio
  • PUE 1.5: eficiente
  • PUE 1.2: muito eficiente

 

Note que não foi colocado o valor PUE = 1.0, pois em tese nunca teremos um data center que direcione 100% da energia elétrica para os sistemas de TI. Sempre haverá algum consumo devido à infraestrutura, nem que sejam apenas as perdas da distribuição elétrica. Mas, quanto mais o valor do PUE se aproximar da unidade, mais eficiente será os seus sistemas de infraestrutura, ou seja, menos energia eles consumirão em relação àquilo que é consumido por TI.

Um dos sistemas de infraestrutura que mais consome energia no data center é a climatização. Para um data center onde TI consome metade de toda a energia (PUE = 2.0), é normal que os sistemas de climatização consumam por volta de 40% do total, os demais 10% ficando principalmente com as perdas elétricas e demais sistemas auxiliares. É bastante usual, portanto, que as tentativas de redução do PUE se deem principalmente pela melhoria da eficiência do sistema de climatização do data center.

Em data centers profissionais, que utilizam o estado da arte em eficiência energética, podemos ver valores de PUE iguais ou inferiores a 1.1! Para se ter uma ideia, a média de PUE de todos os data centers do Google, medida em período de 12 meses, é de apenas 1.12. Veja aqui.  Em termos práticos, PUE de 1.12 significa que a cada 1000 Wh consumidos pelos sistemas de TI, apenas 120 Wh são consumidos pelos sistemas de infraestrutura, incluindo a climatização e as perdas elétricas!

Se você analisar alguns gráficos de PUE medidos ao longo do tempo, verá que ele variará em ciclos. Isso se deve à variação de eficiência do sistema de climatização, que é altamente dependente das condições climáticas do ambiente externo ao data center. Dias mais quentes exigem mais dos sistemas de ar condicionado, piorando o PUE momentaneamente. Data centers que possuem PUE muito baixo somente são possíveis em locais onde o clima local é ameno ou é possível a utilização de recursos naturais (como ar ou água) naturalmente frios (free cooling), reduzindo o consumo dos sistemas de climatização.

É importante termos a consciência de que o PUE não é a única métrica a ser utilizada para medir a eficiência energética do data center. Como vimos, ele mede o overhead de energia gasto em relação aos sistemas de TI. Mas, e o gasto dos sistemas de TI em si? Será que não poderíamos ter os mesmos serviços de TI, mas com um consumo energético menor? Menos energia consumida por TI levaria a menor necessidade de gastos com os correspondentes sistemas de infraestrutura que o suportam.  Existem técnicas de melhoria de eficiência energética para cada sistema de infraestrutura de um data center. Estas técnicas, mais as técnicas de redução de consumo de TI, farão parte de um futuro artigo para este blog.

Existem, porém, algumas dificuldades para o cálculo do PUE. Como dito no início, a primeira etapa é a correta medição do consumo de TI e dos sistemas de infraestrutura. E aí já surgem as questões:

  • Onde devo medir o consumo de TI? Em algum quadro elétrico? Na saída de algum equipamento de distribuição elétrica? Na entrada do equipamento de TI? Tanto faz?
  • Quais gastos devem entrar na medição do consumo da energia total consumida pelo data center?
  • Se o data center compartilha um edifício com áreas de escritório ou produção, como medir corretamente o consumo do data center?
  • Se a central de água gelada fornece água para todos os sistemas de ar condicionado do edifício, incluindo o data center, como ratear isso?
  • Eu meço demanda ou consumo? Pico ou média?
  • Como definir os períodos de medição?

Como vemos, embora o cálculo do PUE em si seja simples, ele suscita diversas dúvidas, que devem ser endereçadas com precisão antes de implantarmos tal métrica em nosso data center. Voltaremos ao assunto PUE em futuros artigos para este blog.

O tema abordado neste artigo é apenas um dos tópicos que fazem parte do curso DC100 – Fundamentos de infraestrutura de data center. Confira aqui a data e o local da próxima turma desse curso.

Se achou este post útil, compartilhe, encaminhe a alguém que também possa achá-lo útil.

Até a próxima!

Marcelo Barboza, RCDD, DCDC, NTS, ATS, DCS Design
Clarity Treinamentos

certificação em data center, Cooling, missão crítica, resfriamento

Certificação Data Center Cooling Professional em Dezembro

O treinamento Cooling PRO é crucial para obter um conhecimento amplo e de alto nível dos fundamentos básicos de condições de meio ambiente dos equipamentos de TI, sistemas de contenção de ar, conceito de velocidades variáveis e o ciclo economizador para alcançar estes objetivos.

A última turma presencial deste curso está confirmada para dias 17 a 19 de Dezembro de 2018 em São Paulo, SP. Consulte detalhes completos neste link.

Caso queira avaliar e otimizar o sistema de resfriamento do seu Data Center de forma eficiente, esta é a sua oportunidade!